Primeiras Impressões: Punchline

Passa-se tanta coisa em Punchline que nem sei bem o que dizer sobre este anime. Mais um anime que parece prometedor para quem aprecia o género. O primeiro episódio trata de apresentar o protagonista e de nos explicar um pouco do mundo em que este se encontra e as suas regras.

Narrativa

Que entrada em grande tem este anime, começa logo num cenário cheio de ação e comédia que nos faz sorrir desde o primeiro minuto. Apesar disso a narrativa no início não é muito esclarecedora pois acontece muita coisa durante os primeiros 10 minutos do episódio e isso pode baralhar-nos as ideias, mas penso que isso é suposto para poder ser assim introduzido o Chiranosuke (espírito gato) que faz o papel de narrador até ao final do anime e explica-nos o enredo dando respostas a alguns porquês e a ensinar-nos as regras do “jogo”.

Acontecem muitas coisas em poucos intervalos de tempo, mas o enredo começa a ficar mais esclarecido a cada minuto e a narrativa torna-se mais simples. As temáticas deste anime são comédia, super poderes, espíritos e ecchi, não tem nenhum tema específico como a amizade ou algo do género, ou pelo menos não o dá a conhecer no primeiro episódio. Com estes temas base quem for ver este anime pode esperar inúmeros Panty Shots (visão da cuequinha), muito sangramento nasal e muitas gargalhadas.

O anime é muito engraçado e dei por mim a dar uma ou duas gargalhadas durante estes primeiros 24 minutos. As piadas sãos suaves e saem naturalmente o que no meu caso, pelo menos, as fez bastante eficientes. Para quem não aprecia ecchi não tem de se preocupar pois não é ecchi com o objetivo de ser erótico e nem há seios enormes (por agora pelo menos) e por isso acho que não devem deixar este anime de lado. Acho que a temática e a forma como tudo acontece loucamente faz com que este anime se assemelhe a Kill la Kill.

Animação e Som

Muitas cores e luz! Muito resumidamente é isso. Punchline conta com muitas cores claras e vivas e muita luz que dão muita vivacidade à animação e para além de agradar ao olhar, penso que combina que nem uma luva com o anime. Devo confessar que no início a animação não me cativou pois achei que era muito “estática”, mas depois dessa primeira cena rapidamente me passou essa impressão.

Acho que o anime mostra uma modulação 3D dos personagens decente, assim como bom uso de luz e boa construção de bonitos cenários, mas o que eu mais apreciei ao nível da animação foi realmente a animação 2D dos personagens. Pena que o design do personagem em si pareça um pouco desleixado.

Ao nível do som gostei muito do trabalho dos atores de voz, penso que fizeram bem o seu trabalho. Os efeitos sonoros em si estão dentro da média, nada que salte ao ouvido. O que gostei mesmo foi da banda sonora. Desde o início ao fim são-nos apresentadas diversas músicas dentro do estilo eletrónico bem alegres e que se enquadram perfeitamente com o ambiente que o anime produz.

Potencial

Na verdade apesar de eu ter apreciado o primeiro episódio, não sei o que pensar para o futuro. Esta é daquelas animes que é sempre motivo de discussão sobre se afinal é boa ou não. Vai depender do tipo de pessoa que vê o anime e também depende do rumo que o enredo irá tomar. Apesar disso espero que não mude muito pois se continuar assim até ao fim vai ser com certeza um belo anime. Muita diversão e entretenimento é o que espero de Punchline. Se gostam deste estilo amalucado de anime aconselho darem uma oportunidade.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s